Início Magazine Teateo, Cinema e TV EUA

MAGAZINE
Música Portuguesa



Ouro Negro

LER E ESCREVER COMENTÁRIOS

Fundação do conjunto Ouro Negro

Em 1965, Raul Indipwo e Milo MacMahon, fundam, em Angola, o Ouro Negro, conjunto dedicado a temas musicais angolanos.

O sucesso obtido em Angola, na altura considerada uma província ultramarina portuguesa, leva o empresário Ribeiro Braga a contratá-los para atuar na Metrópole.

Após atuações em Lisboa e no Estoril, regressam a Angola.

Trio Ouro Negro

Nessa época, Raul e Milo discutem o futuro dos Ouro Negro, tendo chegado à conclusão que deveriam introduzir melhorias, sobretudo ao nível rítmico. Para o efeito, em 1961, entra para o grupo um terceiro elemento de nome José Alves Monteiro, mais conhecido por Gin.

Rapidamente, o Trio ganha uma enorme popularidade.

Em cerca de um ano, deram espetáculos na Suíça, França, Finlândia, Dinamarca, Alemanha, Espanha e Portugal.

Ao longo desses anos, foram gravados 5 EP’s, na sua maioria de folclore Angolano, imortalizando para sempre versões de Ana N’Gola Dilenué, Kolonial, Cidrálea, Palamiê, Birin... mas também temas como Garota, o célebre Mãe Preta de Piratini, Caco Velho e até a magnífica canção francesa Non, Je Ne Regrette Rien.

Em 1963, José Alves Monteiro decide sair do grupo, ficando na Alemanha a tirar um curso, justamente quando o Trio estava a tomar uma posição de destaque na Europa.

Embora Raúl e Milo tenham compreendido os motivos da saída de Gin, ficaram bastante dececionados, tendo decidido acabar com o grupo.

Para relembrar os tempos do José Alves Monteiro no conjunto Ouro Negro, vamos reviver no youtube Txakuparika, que corresponde ao quarto disco gravado pelo Trio em 1962.

Para quem não sabe, Txakuparika é uma região do Bailundo, localizado no Planalto Central, zona rica e fértil de Angola.

Duo Ouro Negro

Felizmente, volvidos quatro meses sobre a saída de Gin do grupo, resolvem regressar e, em 1964, relançam a carreira como duo com bastantes espetáculos e 3 novos discos.

A partir de então, o sucesso dos Ouro Negro como duo torna-se imparável.

Raul Ouro Negro

Após a morte de Milo, a 4 de Abril de 1985, Raul Indipwo passa a atuar a solo sob a designação de Raul Ouro Negro.

A morte de Raul, ocorrida a 4 de junho de 2006, coloca um ponto final nos Ouro Negro, hoje recordados com muitas saudade por todos os que tiveram a felicidade de os ver atuar, tanto presencialmente como através dos inúmeros espetáculos televisivos em que participaram.




TOPO