Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 12 de dezembro de 1948



Nascimento de Marcelo Rebelo de Sousa

LER E ESCREVER COMENTÁRIOS

A 12 de dezembro de 1948, nasce, em Lisboa, Marcelo Nuno Duarte Rebelo de Sousa, atual Presidente da República Portuguesa.

É filho de Baltasar Rebelo de Sousa (1921-2002), médico que exerceu cargos políticos durante o Estado Novo, e de Maria Fernandes Duarte das Neves (1920-2003), assistente social.

Possui raízes familiares em Celorico de Basto, no distrito de Braga, de onde era originária a sua avó paterna.

Frequentou o Externato Lar da Criança, em Lisboa, onde teve de repetir a quarta classe mas, mais tarde, quando frequentava o Liceu Pedro Nunes, recebe o Prémio D. Dinis apenas atribuído aos melhores alunos de Portugal.

Em 1971, Marcelo Rebelo de Sousa licencia-se em Direito e, 13 anos mais tarde, obtém o doutoramento em Ciências Jurídico-Políticas na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Alguns (dos muitos) momentos relevantes da sua carreira

Como professor universitário, ascendeu, em 1990, a catedrático do Grupo de Ciências Jurídico-Políticas da Universidade onde se formara, tendo desempenhado, igualmente, na Universidade Católica portuguesa, a carreira de professor catedrático da Faculdade de Direito e de professor catedrático convidado da Faculdade de Ciências Sociais.

Exerceu, igualmente, as presidências do Conselho Diretivo da Faculdade de Direito de Lisboa (1985-1989), do Instituto da Cooperação Jurídica (2004-2005) e do Conselho Pedagógico (2006-2010), para além de ter sido presidente do Instituto de Ciências Jurídico-Políticas, desde 2005 até à sua tomada de posse como presidente da República, em 2016.

Foi jornalista e diretor do Expresso, tendo-se dedicado, igualmente, ao comentário político na televisão, que lhe trouxe uma grande notoriedade.

No campo político, participou, como Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, no VIII Governo Constitucional presidido por Francisco Pinto Balsemão.

De 1979 a 1982, foi presidente da Assembleia Municipal de Cascais; de 1990 a 1993, exerce as funções de vereador da Câmara Municipal de Lisboa e de 1997 a 2009, a presidência da Assembleia Municipal de Celorico de Basto.

Foi presidente do PSD entre 1996 e 1999.

Eleito deputado ao Parlamento Europeu, desempenhou as funções de vice-presidente do Partido Popular Europeu, de1997 a 1999.

Foi, igualmente, membro do Conselho de Estado de 2000 a 2001 e, novamente, de 2006 a 2016.

Nas funções de Presidente da República, está constantemente presente junto da população, aliando-se ao sofrimento dos seus concidadãos nos momentos mais dramáticos. Figura muito popular, não se inibe de tirar selfies com quem lho peça. Otimista por natureza, tem sempre palavras de incentivo para os portugueses que considera o «melhor povo do mundo», capaz dos maiores feitos em todos os domínios. Demonstra, igualmente, grande preocupação pela situação dos mais desfavorecidos, nomeadamente os sem-abrigo a quem presta ajuda direta, integrado nas equipas noturnas que distribuem alimentos e agasalhos, pressionando, simultaneamente, os responsáveis governativos e as entidades de solidariedade social no sentido de encontrarem soluções que melhorem em definitivo o seu padecimento.




TOPO