Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 2 de dezembro de 1901



Inauguração do Congresso Nacional Colonial

LER E ESCREVER COMENTÁRIOS

A 2 de dezembro de 1901, com a assistência da Família Real, realiza-se, na Sociedade de Geografia, em Lisboa, a solene inauguração do Congresso Nacional Colonial.

Numa altura em que o prestígio dos países europeus se media pela extensão das suas colónias, Portugal – que já possuíra um vasto império colonial – vinha assistindo ao declínio da sua grandeza, a favor de outros países do velho continente, que, aos poucos, se foram apoderando de uma parte dos seus territórios ultramarinos. O último caso havia ocorrido 11 anos antes: Portugal considerava seu o território compreendido entre Angola e Moçambique (atual Zâmbia, Zimbábue e Maláui), tendo, para o efeito, desenhado um mapa onde aqueles territórios surgiam graficamente a cor-de-rosa. A pretensão de Portugal colidia com os interesses dos britânicos que pretendiam ligar territorialmente o seu império africano desde a cidade do Cairo até à cidade do Cabo. Portugal foi obrigado a reconhecer aqueles territórios como pertença do Reino Unido, para não se envolver numa guerra para a qual os cofres do Estado, já muito depauperados, não estavam em condições de suportar.

O Congresso Nacional Colonial, surge, por conseguinte, como um ato de demonstração da soberania de Portugal sobre os territórios ultramarinos que lhe restavam, tendo sido tratadas as relações das colónias com a metrópole e com outros países; a criação de indústrias manufatureiras suscetíveis de desenvolvimento nas colónias com a consequente conciliação dos seus interesses com o das indústrias da metrópole; a assistência à emigração para as colónias e, ainda, a política sanitária e a assistência médica.




TOPO