Magazine Efemérides

MAGAZINE

Efemérides do dia 27 de novembro



A família real portuguesa embarca para o Brasil, por ocasião das invasões francesas

A 27 de novembro de 1807, a família real portuguesa, acompanhada da respetiva corte, embarca para o Brasil, por ocasião das invasões francesas.

A frota, comandada pelo vice-almirante Manuel da Cunha Souto Maior, far-se-á ao mar a 29 de novembro, um dia antes da chegada a Lisboa do General francês Junot à frente de um exército com cerca de 26 mil homens.

Fonte: Cristóvão Aires de Magalhães Sepúlveda. História Orgânica e Política do Exército Português - Provas, volume XVII, Invasão de Junot em Portugal. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1932. p. 130 e seguintes.

Oa navios chegam à Baía de Guanabara a 7 de março de 1808 mas o desembarque ocorre somente no dia seguinte.

O Papa Paulo VI é atacado em Manila

A 27 de novembro de 1970, ao desembarcar no aeroporto de Manila, o Papa Paulo VI é atacado com uma faca por um boliviano disfarçado de padre.

O presidente Marcos mete-se à frente do Sumo Pontífice e, com um golpe de Karaté, desarma o agressor, ao mesmo tempo que o bispo Anthony Denis Galvin, da Grã-Bretanha, o agarra até chegarem os agentes de segurança que o levam preso.

Fonte: Diário de Lisboa n.º 17219, de 27-11-1970, pp. 1 e 13

180 pessoas morrem, em Espanha, na queda de um avião colombiano

Na madrugada de 27 de novembro de 1983, um «boeging-747» da companhia colombiana Avianca, vindo de Paris-Roissy, com 192 pessoas a bordo, despenha-se perto de Madrid, causando 180 mortos.

Fonte: Diário Popular n.º 14236, de 27-11-19683, Ano 42º, p. 28

No dia seguinte, um Fokker F28-2000, da Nigeria Airways, cai em Enugu, na Nigéria, com mais de 70 pessoas a bordo.

Fonte: Diário Popular n.º 14237, de 28-11-19683, Ano 42º, pp. 1, 12, 13 e 24

Investimento turístico e cultural no Alentejo

Sob proposta da Secretaria de Estado do Turismo (SET), o governo português inicia um investimento de cerca de 700 000 contos num itinerário turístico e cultural nas área da arqueologia, implicando a valorização de 13 locais de interesse histórico no Alentejo.

Abrange monumentos megalíticos da era romana e islâmica, nomeadamente Miróbriga (Santiago do Cacém), São Cucufate (Vidigueira), Aula Grande (Zambujeira) e Cromeleque dos Almendres (Évora).

Fonte: Diário de Notícias de 27-11-1994