Magazine Efemérides

MAGAZINE

Efemérides do dia 17 de novembro



Dia Mundial do Não Fumador

O Dia Mundial do Não Fumador comemora-se anualmente a 17 de novembro.

A data visa sensibilizar as populações para os fatores de risco associados ao consumo de tabaco e divulgar as formas mais eficazes para deixar de fumar.

Pretende ser um dia de reflexão mas também de ação: está na hora de todos abandonarmos este hábito tão nocivo à nossa saúde.

É lançada a primeira pedra do Palácio-Convento de Mafra

A 17 de novembro de 1717, por iniciativa de D. João V de Portugal, é lançada a primeira pedra do Palácio-Convento de Mafra, situado a cerca de 25 Km de Lisboa.

Esta construção, que detém uma das bibliotecas mais importantes da Europa e quatro carrilhões monumentais, teve origem numa promessa que aquele monarca havia feito caso viesse a obter descendência ia de sua esposa, a Rainha Dona Maria Ana de Áustria.

É classificado, desde 1910, como Monumento Nacional.

O nobel português José Saramago inspirou-se nesta construção e na sua envolvência histórica para escrever a sua obra O Memorial do Convento.

A 7 de julho de 2007, foi um dos finalistas da iniciativa televisiva Sete Maravilhas de Portugal.

Morte de Machado de Castro
Nasceu a 19 de Junho de 1731

A 17 de novembro de 1822, morre, em Lisboa, o escultor português Joaquim Machado de Castro.

A sua obra mais conhecida é a estátua equestre do rei D. José I, no Terreiro do Paço, em Lisboa.

Linha ferroviária entre a Régua e Lamego, uma obra inacabada

A 17 e 18 de novembro de 1923, o jornal portuense O Primeiro de Janeiro publica um artigo sobre o progresso no Norte, mencionando que Lamego se encontra em festa: irá ter, enfim, o caminho-de-ferro indispensável ao seu desenvolvimento.

Procede-se à inauguração oficial dos primeiros trabalhos de construção da ponte ferroviária sobre o rio Douro por onde seguiria a via férria com origem na Régua e anuncia-se que a estação do caminho-de-ferro que será construída em Lamego ficará junto do extinto Paço Episcopal.

Fonte 1: O Primeiro de Janeiro n.º 270 de 17-11-1923, 55.º ano de publicação, p. 1
Fonte 2: O Primeiro de Janeiro n.º 271 de 18-11-1923, 55.º ano de publicação, p. 1

Este projeto foi abandonado no final dos anos trinta, devido às dificuldades económicas que o país atravessou durante a II Grande Guerra.

Quando a obra parou, o leito da via estava preparado e as pontes estavam concluídas. Faltava apenas colocar os carris.

Em cima, uma imagem recente da Ponte do Varosa, na linha inacabada de Lamego.

O navio mercante Savannah, movido a energia nuclear, entra no Tejo

A 17 de novembro de 1964, Savannah, o primeiro navio mercante movido a energia nuclear, entra no rio Tejo, onde permanecerá sete dias.

Possui acomodações para 60 passageiros e 110 tripulantes, tendo, ainda, espaço para mercadorias.

Poderá dar sete voltas ao mundo sem necessidade de se abastecer, enquanto um navio convencional precisaria de noventa mil toneladas de energia.

Fonte: Diário de Lisboa n.º 15060, de 17-11-1964, pp. 12 e 13