Magazine Efemérides

MAGAZINE

Efemérides do dia 29 de outubro



Fundação da Biblioteca Nacional do Brasil

A 29 de outubro de 1810, o príncipe regente D. João VI funda oficialmente a Biblioteca Nacional do Brasil mas o seu espólio inicial é muito anterior a esta data.

O terramoto que assolou Portugal em 1755 havia destruído a maior parte do acervo da Real Livraria, considerada, na altura, uma das mais importantes bibliotecas europeias.

Sebastião José de Carvalho e Melo, secretário de Estado do Reino de Portugal no tempo de José I (1750-1777), reuniu as cerca de sessenta mil peças que sobreviveram a este cataclismo e depositou-as no Palácio da Ajuda.

Quando a família real portuguesa partiu para o Brasil, as obras existentes no Palácio da Ajuda firam encaixotadas e enviadas posteriormente para o Rio de Janeiro, constituindo esse espólio o acerca inicial desta biblioteca.

Atualmente, a Biblioteca Nacional do Brasil é considerada pela UNESCO como a sétima maior biblioteca nacional do mundo, ostentando, ainda, o título de maior biblioteca da América Latina.

Surge a primeira publicação da personagem de banda desenhada Asterix, de René Goscinny e Albert Uderzo.

A 29 de outubro de 1959, surge, no número 1 da revista de banda desenhada francesa Pilote, os primeiros desenhos da personagem Asterix, tendo por base o povo gaulês e, em grande parte, Vercingetorix, o seu grande chefe guerreiro.

Escrita inicialmente por René Goscinny e desenhada por Alberto Uderzo, este último assume também o enredo, após o falecimento do seu criador literário.

O primeiro álbum, Asterix o Gaulês foi publicado em 1961, passando, a partir desta data, a serem regularmente publicadas outras aventuras com esta personagem e os seus inúmeros companheiros da aldeia gaulesa.

Atualmente, novos álbuns de Asterix continuam a ser editados por uma nova dupla: Jean-Yves Ferri e Didier Conrad.

Traduzidos em quase todas as línguas do mundo, incluindo o mirandês e o latim, e adotados ao cinema, os álbuns com as aventuras de Asterix constituem sempre um assinalável êxito atravessando sucessivas gerações de fãs.