Magazine Efemérides

MAGAZINE

Efemérides do dia 22 de outubro



Consagração da basílica de Mafra

D. João V, rei de Portugal, havia prometido construir uma basílica se a sua esposa, D. Maria Ana Josefa de Áustria, lhe desse descendência.

O nascimento da princesa D. Maria Bárbara foi interpretado por este monarca como uma graça divina, pelo que, não olhando a despesas, mandou construir, em Mafra, um enorme edifício composto por uma basílica, um palácio real e um convento com uma das mais belas bibliotecas europeias.

Às 7 horas da manhã de 22 de Outubro de 1730, dia em que o rei fazia 41 anos de idade, iniciou-se a festa de consagração da basílica, que se prolongaria até às 7 de manhã do dia seguinte.

Foi servido, na ocasião, um banquete popular a 9000 pessoas.

As festas acabariam por se estender por mais 7 dias, ao som das melodias dos dois enormes carrilhões mandados vir expressamente de Antuérpia.

Criação da PIDE

A PIDE - Polícia Internacional e de Defesa do Estado foi criada pelo Decreto-Lei n.º 35 046, de 22 de outubro de 1945, em substituição da Polícia de Vigilância e Defesa do Estado.

A PIDE foi a polícia política portuguesa, entre 1945 e 1969, responsável pela repressão de todas as formas de oposição ao regime político vigente.

Para além das funções de polícia política, a sua atividade abrangia igualmente o serviço de estrangeiros e de fronteiras.

Através do Decreto-Lei n.º 49 401, de 24 de novembro de 1969, a PIDE passa a designar-se Direção-Geral de Segurança, continuando a sua atuação repressiva.

O movimento militar ocorrido a 25 de abril de 1974 extingue esta polícia política, iniciando um processo que haveria de conduzir Portugal a uma Democracia plena onde todos podem expressar livremente a sua opinião.