Magazine Efemérides

MAGAZINE

Efemérides do dia 9 de outubro



Inauguração do Monumento a Camões, em Lisboa

A 9 de outubro de 1867, é inaugurado, em Lisboa, um monumento a Camões, custeado por subscrição pública.

O pedestal da estátua, em pedra, mede 7,5 metros, sustentando a estátua figurativa de Camões, em bronze, com a altura de 4 metros.

Os proprietários de diversos estabelecimentos fabris de Lisboa deram folga aos seus operários, para que pudessem assistir a este acontecimento.

A cobertura que cobria o monumento foi descerrada pelo rei D. Luís e por seu pai, D. Fernando.

O Nobel de Literatura é atribuído a Jean-Marie Gustave Le Clézio

A 9 de outubro de 2008, é atribuído o Prémio Nobel da Literatura a Jean-Marie Gustave Le Clézio.

Nascido em Nice (França), a 13 de Abril de 1940, explorou inicialmente temas como a loucura, a linguagem e a escrita.

No final dos anos 1970, o escritor abandona a experimentação e o humor dos seus primeiros romances, tornando-os menos atormentados. Temas como a infância e a adolescência atraem um vasto público para a sua obra.

É considerado um escritor nómada, pois, para além de dar aulas na Universidade de Albuquerque (EUA) tem casa em França e passou longos períodos da sua vida na Nigéria, na Tailândia, na Grã-Bretanha e no Panamá, vivendo actualmente no México.

Fonte 1: Público (Edição Lisboa) n.º 6767, de 10-10-2008, p. 18
Fonte 2: Jornal de Notícias n.º 131 ano 121, de 10-10-2008, p. 48

À data do anúncio deste prémio, apenas dois livros deste escritor estavam disponíveis para venda em Portugal: O Caçador de Tesouros e Diego e Frida, editados respectivamente pela Assírio & Alvim e pela Relógio d`Água. A editora D. Quixote informou ir reeditar as obras Deserto (Prémio Paul Morand) e Estrela Errante. Igual procedimento será tomado pelas editoras Fenda e Europa-América que reeditarão respectivamente as obras Índio Branco e o Processo de Adão Pollo.

Fonte 3: Correio da Manhã de 10-10-2008, p. 42