Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 15 de agosto de 2000



Fundação de O Leme - Magazine e Motor de Busca Temático

A 15 de agosto de 2000, surge, no endereço www.buscaonline.pt, o motor de busca BUSCAONLINE, tendo sido, na mesma altura, solicitado ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial o registo da respetiva marca.

Este motor de busca foi programado de raiz por Jorge Francisco Martins de Freitas, no culminar de inúmeros outros trabalhos informáticos por si desenvolvidos ao longo dos anos.

Era constituído por um robot que ‘varria’ a internet de língua portuguesa, indexando os novos sites que diariamente surgiam.

Este website de busca primou, desde o primeiro dia, por não inserir publicidade paga, sendo todas as despesas suportadas pelo seu fundador, incluindo a manutenção de servidores próprios.

Para além da sua vertente de motor de busca, iniciou, desde o primeiro dia, a inclusão de artigos dedicados aos Turismo e à Cultura, como complemento pedagógico da atividade de professor exercida pelo seu fundador.

Como a marca BUSCAONLINE não foi aceite pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial, foi solicitado ao mesmo um novo registo, O LEME, mais adequado às funcionalidades que este website se propunha desenvolver, adotando a sugestiva frase “Use O Leme para navegar na internet com rumo certo”.

A marca O Leme foi aceite, permanecendo com este nome até hoje, passando a estar disponível nos endereços www.oleme.pt e www.leme.pt mas mantendo sempre o endereço referente ao nome inicial não registado: www.buscaonline.pt.

Quando o Google chegou a Portugal, O Leme imediatamente o indexou. No primeiro dia, apenas podiam ali ser consultados alguns websites governamentais, mas, pouco a pouco, aquele motor de busca acabaria por abranger toda a internet portuguesa.

O Leme, como motor de busca sem fins lucrativos construído e mantido por uma única pessoa, não poderia, de maneira nenhuma, permanecer ao mesmo nível do Google, detentor de elevados recursos financeiros e humanos. Deixou, por isso, de rastrear toda a internet, mantendo o seu motor de busca apenas para acesso a um reduzido número de websites ligados ao Turismo e à Cultura, situação em que se mantém na atualidade.

Ao longo de vinte anos, O Leme já publicou milhares de textos escritos pelo seu fundador, para além de cerca de 40 excelentes artigos redigidos pela historiadora Luísa Viana Paiva Boléo.

Atualmente, O Leme, para além de se manter como um motor de busca restrito, é, igualmente, um Magazine, estando registado oficialmente como tal.

Mais de 86 000 pessoas seguem O Leme no Facebook e milhares de outras consultam diretamente este magazine, disponível gratuitamente na internet.

Se considerarmos que 99% dos artigos publicados ao longo destes 20 anos foram redigidos por Jorge Francisco Martins de Freitas, seu fundador e editor, poderemos classificar O Leme como sendo, provavelmente, o mais antigo website pessoal de Portugal.

Imagens de algumas páginas de O Leme ao longo dos anos

Página inicial (15 de agosto de 2000)

Página dedicada às criancas (2003)

Página alusiva ao Dia dos Namorados (2006)

Primeira Página (2009)

Efemérides - Primeira Página (2012)

Literatura - Primeira Página (2015)

Biografias - Primeira Página (2018)




TOPO