Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 5 de agosto de 1962



Morte de Marilyn Monroe

A 5 de agosto de 1962, morre, em Los Angeles, Marilyn Monroe, nome artístico de Norma Jean Mortenson, uma das mais famosas estrelas de cinema a nível mundial e um símbolo de sensualidade que a elevou ao estatuto de ícone do século XX.

Havia nascido a 1 de junho de 1926, na mesma cidade onde haveria de morrer.

Passou uma parte significativa da sua infância em lares aditivos e num orfanato.

Em 1944, conhece um fotógrafo da First Motion Picture Unit que a transforma em modelo pin-up cujo sucesso a levaria a fechar contratos para curtas-metragens realizadas pela 20th Century Fox (1946–1947) e a Columbia Pictures (1948).

Assinaria mais tarde pela Fox, intervindo, no início dos anos cinquenta, em comédias qua a conduzem à popularidade: Sempre Jovem (1951) e O Inventor da Mocidade (1952) para além dos dramas Só a Mulher Peca (1952) e Almas Desesperadas (1952).

Nessa época, o público toma conhecimento que posara nua antes de se tornar atriz, o que constituiu uma escândalo mas aumenta ainda mais a sua popularidade.

Em 1953, protagoniza três filmes: Torrentes de Paixão, Os Homens Preferem as Loiras e Como Agarrar um Milionário, tornando-se uma das estrelas mais aplaudidas de Hollywood.

O filme O Pecado Mora ao Lado (1955), torna-se num dos maiores sucessos daquele ano, incentivando-a a fundar a sua própria empresa de produção cinematográfica, a Marilyn Monroe Productions (MMP) e a iniciar o estudo de métodos de interpretação no Actors Studio que contribuíssem para melhorar o seu desempenho como atriz.

Esta sua iniciativa obriga a Fox a conceder-lhe um aumento de ordenado para conseguir a sua participação no filme Nunca fui Santa (1956).

O primeiro filme da sua produtora foi O Príncipe Encantado (1957).

Em 1959, ganha o Globo de Ouro de Melhor Atriz pela sua interpretação no filme Quanto mais Quente Melhor (1959).

Em 1961, o drama Os Desajustados será o último filme completo em que participa.