Início Efemérides

EFEMÉRIDES

Aconteceu a 16 de janeiro de 1882



Nascimento do escritor português António dos Santos Graça

A 16 de janeiro de 1882, nasce, na Rua do Carvalhido, em Póvoa de Varzim, o escritor, jornalista, etnógrafo e político António dos Santos Graça.

Era filho de João dos Santos Constantino e de Maria Francisca, tendo sido batizado com o nome de António dos Santos Constantino, mas, por ser afilhado do médico vilacondense Dr. António Duarte Baptista Graça, passou a usar o apelido do padrinho, mudando oficialmente, mais tarde, o seu nome para António dos Santos Graça.

Profundo conhecedor da história local, pugnou toda a sua vida pelo desenvolvimento da terra que o viu nascer, estando sempre na linha da frente da luta pelos interesses da população, nomeadamente dos pescadores, numa altura em que a pesca era a atividade económica dominante.

Aos 20 anos, Santos Graça criou o jornal Povoense e, um pouco mais tarde, em 1903, foi um dos fundadores do semanário O Comércio da Póvoa de Varzim, onde desempenhou, ao longo de duas décadas, os cargos de diretor, editor e proprietário, tendo escrito naquele órgão de informação centenas de artigos sobre a sua região.

É autor, entre outras obras, de O Poveiro (1932), A Crença do Poveiro nas Almas Penadas (1933), Inscrições Tumulares por Siglas (1942) e A Epopeia dos Humildes (1952).

Faleceu a 7 de setembro de 1956, na sua residência em Póvoa de Varzim ( n.º 5 da Rua da Junqueira).

A 7 de setembro de 2019, por ocasião do 63.º aniversário do falecimento de António Santos Graça, foi inaugurado, em Póvoa de Varzim, a poente da avenida com o seu nome, um monumento de homenagem a esta ilustre figura poveira, da autoria de Fernando Gonçalves (Nando).

Clique na imagem para ler este artigo no jornal A Voz da Póvoa.





TOPO