Início Efemérides

EFEMÉRIDES

Aconteceu a 12 de janeiro de 1976



Morte da escritora de romances policiais Agatha Christie

A 12 de janeiro de 1976, morre em Wallingford, Inglaterra, com 85 anos de idade, a escritora Agatha Mary Clarissa Miller, popularmente conhecida como Agatha Christie.

Havia nascido em Torquay, Devon, Inglaterra, a 15 de setembro de 1890.

Ao longo da sua vida, escreveu setenta e dois romances (sessenta e seis do género romance policial) e inúmeros contos, reunidos em catorze coletâneas.

Segundo o Guiness Book, Christie é a romancista mais bem sucedida da história da literatura popular mundial em número total de livros vendidos, uma vez que as suas obras, escritas em inglês e traduzidas em mais de 100 idiomas, venderam cerca de quatro mil milhões (quatro bilhões PT-BR) de cópias.

Filha de um americano que passava a maior parte do tempo viajando, foi criada pela sua mãe, uma senhora muito tímida de quem herdou uma parte substancial da sua personalidade.

O casal tinha mais dois filhos, Madge e Monty, ambos mais velhos que a futura escritora.

Com cerca de seis anos de idade, Agatha vai viver com a sua família para França.

O pai de Agatha morre quando esta tem 11 anos de idade, tendo a sua mãe começado a viajar por diversos locais do mundo.

Até aos 14 anos de idade, Agatha estuda em casa, tendo recebido aulas de diversos professores particulares.

Quando faz 16 anos, passa a frequentar uma escola de aperfeiçoamento em Paris, onde se destaca como cantora e pianista.

A 24 de Dezembro de 1914, casa-se com o coronel Archibald Christie, piloto da Royal Air Force britânica.

Enquanto o marido participa nos combates da Primeira Grande Guerra, trabalha num hospital e numa farmácia onde recolhe muitos elementos que serviriam mais tarde para descrever nos seus livros assassinatos cometidos com o uso de venenos.

Em 1919, tem, com o coronel Archibald, a sua primeira e única filha, Rosalind.

Começa a escrever o seu primeiro livro, The Mysterious Affair at Styles em 1916. Após ter sido rejeitado por seis editoras, o livro é publicado em 1920 pela editora Bodley Head.

Seguidamente, escreve The Secret Adversary, The Murder on the Links, The Man in the Brown Suit, Poirot Investigates e The Secret of Chimneys.

Em 1926, no ano em que a mãe de Agatha morre, a escritora divorcia-se do marido.

Nesse mesmo ano, publica o seu primeiro grande sucesso: The Murder of Roger Ackroyd, onde Agatha contraria as regras até então estabelecidas para os romances policiais.

Três anos mais tarde, morre o seu irmão Monty. A irmã mais velha viveria até 1950.

As personagens do detetive belga Hercule Poirot e da idosa detetive amadora Miss Marple por si criadas, dão vida a inúmeros romances policiais que vêm sendo avidamente lidos por sucessivas gerações.

A rainha Isabel II (Elizabeth II PT-BR) concede a Agatha Christie, em 1971, o título de Dame do Império Britânico, o correspondente feminino de Sir.




TOPO