Magazine Ciência e Tecnologia

MAGAZINE
Ciência e Tecnologia



Está comprovado: HÁ ÁGUA NA LUA !

22-08-2018

A NASA acaba de comprovar que existe água no estado sólido na Lua. A imagem mostra a distribuição do gelo na superfície do pólo sul da Lua (à esquerda) e do pólo norte (à direita), detetado pelo instrumento Moon Mineralogy Mapper. O gelo está concentrado nos locais mais escuros e mais frios, nas sombras das crateras. Esta é a primeira vez que os cientistas observam diretamente evidências definitivas de gelo de água na superfície da Lua. A água é um elemento essencial para a manutenção da vida e dela pode extrair-se o oxigénio e o hidrogénio, servindo este último como combustível para as naves espaciais.

Leia o desenvolvimento deste artigo no site da NASA

TENTATIVA DE SALVAR DA EXTINÇÃO O RINOCERONTE BRANCO DO NORTE

05-07-2018

A Revista NATURE publicou ontem um artigo relatando a criação de embriões híbridos de rinocerontes como parte de uma tentativa para resgatar o rinoceronte branco do norte de todas as extinções.
Os embriões - que agora foram congelados - contêm DNA de rinocerontes brancos do norte ( Ceratotherium simum cottoni ) e uma subespécie parente próxima e podem ser implantados em substitutos para produzir animais que são uma mistura de ambos.

Leia o desenvolvimento deste artigo no site da Revista NATURE

NASA USA O PLANETA TERRA COMO LABORATÓRIO PARA ESTUDAR MUNDOS DISTANTES

05-07-2018

O estudo dos exoplanetas - planetas que estão fora do nosso sistema solar - poderia ajudar os cientistas a responder a grandes questões sobre o nosso lugar no universo e se a vida existe além da Terra. Mas esses mundos distantes são extremamente ténues e difíceis de serem imaginados diretamente. Um novo estudo usa a Terra como um substituto para um exoplaneta e mostra que mesmo com pouquíssima luz - com apenas um pixel - ainda é possível medir as principais características de mundos distantes.

Leia o desenvolvimento deste artigo no site da NASA

HEMISFÉRIO SUL DE JÚPITER

04-07-2018

Imagem do hemisfério sul de Júpiter capturada pela sonda Juno, da NASA, no trecho de saída de um sobrevoo do planeta gigante de gás. O cientista Kevin M. Gill criou esta imagem usando dados do gravador JunoCam da nave espacial.
A imagem, com a cor aprimorada, foi tirada em 23 de maio de 2018. Na altura, a sonda Juno encontrava-se a 44.300 quilómetros do topo das nuvens do planeta.
A JunoCam aproveita a órbita polar única de Juno para estudar a dinâmica atmosférica e as nuvens até aos polos de Júpiter, o que nenhuma nave espacial jamais fizera antes.

Leia o desenvolvimento deste artigo no site da Revista

A OBESIDADE É APENAS UMA QUESTÃO GENÉTICA?

04-07-2018

Tornar-se obeso está inscrito nos genes, na cultura familiar ou nos hábitos alimentares? A resposta não é tão simples como se poderia pensar.

O artigo Obésité: quelle est la part de l'hérédité? publicado na Revista Science&Vie desta semana aborda, à luz da ciência, este assunto.