Início Magazine

MAGAZINE
astronomia

Século XX



Inauguração do Telescópio do Monte Palomar

LER E ESCREVER COMENTÁRIOS

A 3 de junho de 1948, foi inaugurado, no Monte Palomar (San Diego, Califórnia, Estados Unidos da América), um telescópio refletor possuindo um espelho principal com um diâmetro de 5,1 metros que foi, até 1993, o maior do mundo.

Foi concebido pelo astrónomo George Ellery Hale, que já havia dotado outros observatórios com espelhos mais pequenos, como, por exemplo, o do Monte Wilson, a 145 km de distância do Monte Palomar, que apenas possui 1,5 metros de diâmetro.

A construção do telescópio do Monte Palomar havia começado em 1936, tendo os seus componentes sido fabricados em Filadélfia pela empresa Westinghouse. O seu transporte até San Diego realizou-se por via marítima, através do Canal do Panamá, tendo posteriormente sido utilizados grandes veículos na última parte do percurso, até ao seu destino final.

O espelho de 5,1 metros de diâmetro foi construído em Pyrex pela empresa Corning Glass Works de Nova York, que usou avançadas tecnologias na sua feitura. Foi necessário colocar o disco de vidro num forno à temperatura de fusão durante um mês, sofrendo posteriormente um período lento de resfriamento com a duração de dez meses. Teve, depois, de ser polido numa oficina de ótica, onde acabaria por permanecer onze anos e meio, em parte devido a atrasos resultantes da deflagração da Segunda Grande Guerra.

Em dezembro de 1947, o espelho é finalmente colocado no telescópio.

Apesar da inauguração oficial do Telescópio do Monte Palomar ter ocorrido a 3 de junho de 1948, como atrás foi referenciado, apenas em novembro de 1949 as observações científicas se iniciaram, pois foi necessário realizar testes, proceder a um novo polimento do disco para ajustamento das bordas e melhorar a sua luminosidade.




TOPO