Magazine Acontecimentos do Ano

MAGAZINE
acontecimentos do ano
1920



Nascimento do poeta brasileiro João Cabral de Melo Neto
Prémio Camões 1990
Faleceu a 9 de outubro de 1999

A 9 de Janeiro de 1920, nasce, no Recife, o poeta e diplomata brasileiro João Cabral de Melo Neto.

João Cabral inicia a sua obra poética na senda de Drummond e de Murilo Mendes, notando-se algumas influências de Mallarmé, Valéry, Jorge Guillén e Montale. É considerado o melhor poeta brasileiro do período do Modernismo. O escritor moçambicano Mia Couto chegou a referenciá-lo como o maior poeta da língua portuguesa. Aquando da sua morte, em 1999, falava-se na possibilidade de ser distinguido com o Prémio Nobel da Literatura.

Abarcando desde tendências surrealistas até temas da poesia popular, o seu rigor estético, marcado pelo uso de rimas toantes, inaugurou uma nova forma de fazer poesia no Brasil.

Foi membro da Academia Pernambucana de Letras e da Academia Brasileira de Letras, tendo sido agraciado, entre outras distinções, com o Prémio Neustadt e o Prémio Camões.

Entre a sua vasta obra poética referenciamos Pedra do Sono (1942), O Engenheiro (1945), O Cão sem Plumas (1945), O Rio (1954), Quaderna (1960), Dois Parlamentos (1961), Terceira Feira (1961), A Educação pela Pedra (1966), Poesias Completas (1940-1965 e 1968), Museu de Tudo (1976) e Escola das Facas (1981).