Portal > História > Efemérides > 16 de julho

E F E M É R I D E S

16 DE JULHO

 1955

Inauguração dos dois primeiros blocos do Bairro Novo da CUF

A 16 de julho de 1955, são inaugurados, no Barreiro, os dois primeiros blocos do Bairro Novo da CUF, destinados aos trabalhadores daquela companhia fabril.

Fonte: Diário de Notícias n.º 32110, de 16-07-1955, p. 2



Os restantes dois blocos habitacionais seriam inaugurados em 1956. O primeiro bairro da CUF foi edificado em 1908.

 1955

Inauguração, em Barcelona, dos II Jogos do Mediterrâneo

A 16 de julho de 1955, foram inaugurados, em Barcelona (Espanha), os II Jogos do Mediterrâneo. Participaram cerca de 1700 atletas de 10 países, tendo a sua organização custado cerca de 40 milhões de pesetas. Sobre estes Jogos, o Diário de Lisboa escreve: «Só os Jogos Olímpicos modernos é que podem superar esta grandiosa manifestação desportiva, pedra de toque com vista aos Jogos Olímpicos de 1956, em Melbourne.»

Fonte: Diário de Lisboa n.º 11715, de 17-07-1955, p. 7

Os primeiros Jogos do Mediterrâneo foram realizados em Alexandria (Egito).

 1959

Moda: elas gostam de vestir-se como se veste a mamã

«Há hoje uma maneira de vestir as crianças, de acordo com a dos adultos. Geralmente, elas querem estar vestidas "como o papá" e "como a mamã" [...] Aos 15 anos, para as primeiras reuniões da juventude, tecidos românticos e preciosos [...] e uma grande frescura nos ornatos»




Fonte: Diário Popular n.º 6022, de 16-07-1959, p. 5

 1966

Campeonato Mundial de Futebol: Portugal vence a Bulgária por 3-0

A 16 de julho de 1966, Portugal vence a Bulgária por 3-0. Na Selecção Nacional alinharam José Pereira, Festa, Germano, Jaime Graça, Coluna, José Augusto, Eusébio, Torres e Simões. Auto-golo de Vutzdu e golos de Eusébio e Torres.

Fonte: Diário Popular n.º 8531, de 16-07-1966, pp. 1 e 16

 1966

Eleita a Mulher Ideal Portuguesa

A 16 de julho de 1966, «numa iniciativa que constituiu um êxito» e que se ficou a dever ao Clube das Donas de Casa, foi eleita, no decorrer de um jantar realizado no Restaurante Folclore, a Mulher Ideal Portuguesa. A feliz contemplada foi Magda Carol Rodrigues de Paralta Bastos Guimarães Abreu, de 25 anos, casada e mãe de uma filha. Concorrerá, em Agosto, na Itália, ao título de Mulher Ideal Europeia.



Fonte: Diário Popular n.º 8532, de 17-07-1966, pp. 1 e 7