Portal > História > Acontecimentos do ano 1966                        


Acontecimentos do ano 1966


1966

2 de fevereiro

É inaugurado, na baixa lisboeta, um auto-banco do BNU

O Diário Popular de 2 de Fevereiro de 1966, traz um anúncio do Banco Nacional Ultramarino, informando os seus clientes que, «em plena baixa de Lisboa», passavam a ter à sua disposição, «como nas grandes cidades de todo o mundo», um auto-banco onde poderiam efectuar depósitos e receber cheques sem sair do automóvel.

Fonte: Anúncio do BNU, Diário Popular 8370, de 02-02-1966, 24º ano de publicação, p. 19

Os auto-bancos constituíram, durante as décadas de 60 e 70 do século passado, uma importante melhoria no acesso às instituições bancárias situadas nas grandes cidades, devido à dificuldade de estacionamento. A partir da década de 80, com o advento dos levantamentos automáticos, e, mais recentemente, com os meios de pagamento e gestão de contas através da internet, deixou de se justificar a existência de auto-bancos.

14 de março

Estátua de D. Nuno Álvares Pereira aproveitada para fins publicitários

Em março de 1966, os lisboetas discutem qual a melhor localização para a futura estátua equestre de D. Nuno Álvares Pereira, da autoria do escultor Leopoldo de Almeida: a Praça da Figueira ou o Parque Eduardo VII1. Os jornais da época lançam achas na fogueira desta discussão, apresentando a opinião de diversas figuras públicas. Aproveitando-se de divulgação que esta estátua estava a ter perante o público, a fábrica britânica de automóveis MG insere, na edição de 14-03-1966 do Diário Popular, um curioso anúncio de página inteira com uma gravura da futura estátua de D. Nuno Álvares Pereira, tendo por pedestal um carro MG 1100, acompanhado das seguintes palavras: «Se a robustez dinâmica do MG 1100 pode ser comparada a um pedestal de estátua, não há dúvida que o MG 1100 merece também o seu próprio pedestal».

Fonte: Diário Popular n.º 8409, de 14-03-1966, 24º ano de publicação, p. 7

1 A Estátua equestre de D. Nuno Álvares Pereira acabaria por ficar na Batalha, junto ao Mosteiro de Santa Maria da Vitória, tendo sido inaugurada a 27 de Abril de 1968. O Leme desconhece se a MG, sigla de Morris Garage, conseguiu aumentar a venda desta viatura graças a este anúncio… mas será de acreditar que sim!