Início Efemérides

EFEMÉRIDES

Aconteceu a 14 de abril de 1759



Morte do compositor alemão Georg Friedrich Händel.

A 14 de abril de 1759, morre, em Londres, o compositor alemão Georg Friedrich Händel.

Havia nascido em Halle an der Saale, a 23 de fevereiro de 1685, sendo filho de Georg Händel, que conseguira um bom nível de vida ao obter emprego nas cortes do Duque de Weissenfels e do marquês de Brandemburgo, possibilitando-lhe a aquisição para a família da grande mansão que hoje alberga o centro cultural e museu Casa de Händel.

O seu pai pretendia que seguisse a carreira da advocacia mas a sua mãe, Dorothea Taust, filha de um pastor protestante, certamente teria conhecimentos musicais que transmitiu ao seu filho, tendo este demonstrado, desde criança, um pendor natural para a música. É provável que na escola também tenha adquirido alguns conhecimentos básicos nesta arte. O que se sabe em concreto é que aos sete anos Georg Friedrich Händel já demonstrava um considerável domínio do teclado.

Um dia, tendo acompanhado o seu pai à corte do Duque de Weissenfels, toca uma composição no órgão da capela do ducado, tendo surpreendido todos com a sua versatilidade. O Duque, de imediato, incentiva-o a prosseguir os seus estúdios musicais, passando a ter, finalmente, o apoio do seu progenitor, que abandona a ideia de ver o seu filho seguir a carreira de advogado.

Com Friedrich Wilhelm Zachow, organista da Igreja de Nossa Senhora, em Halle, aprende, durante três anos, teoria e composição, violino, cravo e oboé. Melhora, igualmente, os seus conhecimentos de órgão e estuda obras dos mais conhecidos compositores.

É possível que tenha assistido óperas em alemão em Weissenfels, onde o Duque havia aberto um teatro.

Inicia a sua carreira musical em Hamburgo como violinista e maestro da orquestra da ópera daquela cidade.

Mais tarde, em Itália, contacta com consagrados músicos da sua época e estreia, com grande sucesso, várias obras que lhe trazem, pela primeira vez, a fama.

Embora tivesse sido nomeado pelo príncipe Eleitor de Hanôver como mestre de capela local, passa a maioria do tempo compondo em Londres, em virtude daquele príncipe ter ascendido ao trono da Grã-Bretanha como George I.

Acaba por se fixar a título definitivo em Londres, tendo adquiriu a cidadania britânica e adotado o nome de George Frideric Handel.

Ao longo da sua vida, compôs 600 obras, incluindo dezenas de óperas e oratórios em vários movimentos.

Apelidado de divino pelos seus contemporâneos, desempenhou um papel preponderante na cultura musical britânica moderna, sendo hoje considerado um dos grandes mestres do Barroco musical europeu.

Leia também

MÚSICA

Estamos a reunir diariamente, num único local, os artigos sobre Música que têm vindo a ser publicados, com regularidade, no âmbito das Efemérides. Esta tarefa estará concluída a 31 de dezembro de 2022.




TOPO