Portal > Literatura > Títulos > D. Maria I, a Rainha Louca        

TÍTULOS


D. MARIA I, A RAINHA LOUCA
Luísa Viana de Paiva Boléo


sinopse

O livro traça-nos um retrato completo e inédito desta mulher aclamada rainha a 13 de Maio de 1777, com 43 anos de idade. Mulher culta, promoveu as artes e as ciências. Devota e caridosa, mandou edificar a Basílica da Estrela e levou a sério as suas funções de governante sempre em nome dos seus súbditos e dos interesses de Portugal.
Nascida a 17 de Dezembro de 1734, ficou para a História como D. Maria I, a Rainha Louca. Na sua conturbada vida, viveu o horror da destruição do terrível terramoto que abalou a capital em 1755, viu o seu pai, D. José I, sofrer um atentado, assistiu à execução de alguns nobres que foram acusados de conspiração, sofreu atormentada a pressão e a crueldade do marquês de Pombal, homem de confiança de seu pai, mas teve forças para o confrontar e afastar do poder. Em pouco mais de dois anos, viu morrer o seu querido marido, D. Pedro III, o filho primogénito e herdeiro da coroa, a sua filha e o genro espanhol, e o seu confessor Frei Inácio de São Caetano. Estes acontecimentos, aliados aos tempos conturbados que se viviam na Europa, graças à Revolução Francesa, marcaram de forma dramática a vida de D. Maria I e foram-lhe roubando a paz de espírito e a sanidade mental.
Em 1792, considerada incapaz de governar por sofrer de doença mental, vê-se afastada do poder, dando lugar ao seu filho, D. João VI. Com ele embarca para o Brasil sob a ameaça das invasões francesas. É em terras de Vera Cruz que morre, em 1816.


autora

Biografia
da Autora
editor
Esfera dos Livros
colecção
História Divulgativa
isbn
978-989-626-151-1
1ª edição

nº de edições

nº de páginas



Obtenha mais informações consultando o Google e mais 30 motores de busca