Portal > História > Efemérides > 13 de março

E F E M É R I D E S

13 DE MARÇO

 1828

D. Miguel dissolve a Câmara dos Deputados estabelecida pela Carta Constitucional de 1826

A 13 de março de 1828, D. Miguel dissolve a Câmara dos Deputados estabelecida pela Carta Constitucional de 1826 e nomeia uma Junta para elaborar a nova lei eleitoral.

 1964

Sylvie Vartan, ídolo da música pop francesa, vem atuar a Portugal

A 13 de março de 1964, milhares de jovens aguardam, em Lisboa, junto à entrada do Teatro Monumental, a chegada da cançonetista pop francesa Sylvie Vartan, na altura com 19 anos de idade. A sessão das 18:30 está esgotada. Centenas de rapazes e raparigas procuram obter, a todo o custo, bilhetes para a sessão das 21:30 ou para as duas sessões do dia seguinte, a fim de poder ouvir Sylvie cantar, entre outras, a canção Si je chante. Este espetáculo, apresentado por Henrique Mendes, conta com a presença da orquestra francesa de Eddie Vartan, Paula Ribas, Victor Gomes com os seus Gatos Negros e Les Fanatic’s. A 15 de março, seria a vez dos jovens do norte verem ao vivo Sylvie Vartan no Pavilhão dos Desportos. Para além dos artistas que atuaram em Lisboa, o espetáculo do Porto contou ainda com a presença de Armindo Costa, na altura mais conhecido por Armindo Rock, acompanhado por Os Tártaros. Vasco Morgado, organizador desta série de espetáculos integrados no Festival de Ritmos Modernos, pagou a Sylvie Vartan 300 contos por esta sua tournée de 3 dias. Na altura, poder-se-ia comprar com este valor, por exemplo, seis excelentes carros novos de boa qualidade.

Fonte 1: Diário Popular nº 7692 de 13-03-1964, 22º ano de publicação, anúncio, p. 6
Fonte 2: Diário Popular nº 7693 de 14-03-1964, 22º ano de publicação, p. 7

Sylvie Vartan nasce a 15 de Agosto de 1944, em Iskrets, uma localidade perto de Sofia. Filha de pai búlgaro e de mãe descendente de húngaros, vai viver, em 1952, para França, na companhia dos progenitores e do seu irmão, o músico Eddie Vartan. Incentivada por este, grava, em 1961, o primeiro disco como cançonetista e, três anos mais tarde, participa no filme Patate, iniciando, também, uma carreira como atriz. Em 1965, casa com o cantor pop francês Johnny Hallyday, de quem de divorcia em 1980 para se consorciar, em segundas núpcias, com o empresário discográfico norte-americano Tony Scotti. Atualmente, apesar de fazer este ano 73 anos de idade, Sylvie Vartan continua a encher o Olympia de Paris. Embora ao longo da sua carreira tenha vindo a interpretar novas canções, as preferidas do público continuam a ser as mais antigas, escutadas nostalgicamente por quem era jovem há 50 anos.