Portal > História > Efemérides > 6 de março

E F E M É R I D E S

6 DE MARÇO

 1921

Fundação do Partido Comunista Português

A 6 de março de 1921, na sede da Associação dos Empregados de Escritório, em Lisboa, realiza-se a Assembleia que elege a direcção do PCP. Estava fundado o Partido Comunista Português.

 1933

Miséria em Lisboa: vão ser albergados 700 mendigos na quinta da Mitra

Decorria o ano de 1933. Centenas de mendigos calcorreiam as ruas de Lisboa. A 6 de março, cerca de 60 mendigos são albergados na quinta da Mitra, no Poço Bispo, em pavilhões de cimento armado. Cada um tem à sua disposição uma tarimba de madeira com colchão e um banco para descansar durante o dia. Segundo o comandante da Polícia de Segurança, coronel Lopes Mateus, os mendigos seriam primeiramente despiolhados e limpos na esquadra do Caminho Novo. O «depósito de mendigos», nome atribuído por aquele militar a estas instalações, albergará, em breve, 700 pessoas. «Já consegui – afirma – um rendimento mensal de 130 contos, de cotas pagas pelos particulares, com o fim de auxiliar a extinção da mendicidade. Ser eu fosse a distribuir subsídios, não poderia dar a cada mendigo senão uma quantia insignificante que, pela sua insuficiência, não evitaria que continuassem a pedir esmola».

Fonte: Diário de Lisboa nº 3703, de 6 de março de 1933, 12º ano de publicação, p.5

Este «depósito de mendigos» não resolveu os problemas da pobreza extrema. Serviu apenas para afastar das ruas da cidade uma parte dos desprotegidos da sorte, muitos deles ali conduzidos sob coação. Durante muitos anos, a Mitra foi, para os lisboetas, sinónimo de um lugar miserável.

 1971

Inauguração oficial do Hotel Afonso III, em Viana do Castelo

A 6 de março de 1971, é oficialmente inaugurado, em Viana do Castelo, o Hotel Afonso III1. A funcionar já desde o Verão anterior, esta moderna unidade hoteleira com oito pisos possui 90 quartos, um restaurante, dois bares e uma boite, envolvendo um custo total de 25 000 contos. À entrada do edifício, o Secretário de Estado da Informação e Turismo descerrou uma lápide comemorativa. Estiveram presentes nesta cerimónia o governador de Pontevedra e os Alcaides de Vigo, Tui e Pontevedra.

Fonte: Diário Popular nº 10192, de 06-03-1971, 29º ano de publicação, p. 9

1 O edifício do Hotel Afonso III foi reconvertido em habitação multifamiliar.

 1989

São atribuídos os primeiros alvarás a rádios locais

Após muitos anos de emissões clandestinas, o estado português abre um concurso para a atribuição de alvarás e distribuição de frequências. A 6 de março de 1998, por despacho conjunto da Presidência do Conselho de Ministros e do Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, são licenciados 61 rádios locais. Em Lisboa foram atribuídas 6 licenças, tendo a Rádio Popular de Lisboa, classificada em 7º lugar, ficado de fora. Confrontada com este resultado, aquela rádio afirmou que «o País está em presença de um verdadeiro escândalo e dele sai profundamente prejudicada […] a população de Lisboa».

Fonte: Diário de Lisboa nº 22908, de 06-03-1989, 68º ano de publicação, p. 12

 1992

Morte da pintora portuguesa Maria Helena Vieira da Silva      Nasceu a 13 de junho de 1908

A 6 de março de 1992, morre, em Paris, Maria Helena Vieira da Silva, pintora portuguesa naturalizada francesa.