Portal > Conteúdos > História > Efemérides > 8 de fevereiro

E F E M É R I D E S

8 DE FEVEREIRO

1291 - Nascimento do rei português D. Afonso IV      Faleceu a 9 de junho de 1870

A 8 de fevereiro de 1291, nasce, em Lisboa, D. Afonso IV, rei da primeira dinastia portuguesa.



1828 - Nascimento do escritor francês Júlio Verne      Faleceu a 24 de março de 1905

A 8 de fevereiro de 1828, nasce, em Nantes, o escritor francês Júlio Verne, autor de Vinte Mil Léguas Submarinas, A Volta ao Mundo em Oitenta Dias e inúmeros outros romances de aventuras.


1964 – Carnaval Internacional do Estoril

Corso Carnavalesco do Estoril no ano de 1964 - Foto WordPress.com

«Desfraldadas ao vento […] centenas de bandeiras anunciam ao público o Carnaval Internacional do Estoril, cujo programa festivo começará hoje a cumprir-se, com um baile de gala no casino. Amanhã, a partir das 14 e 30, pelo belo parque desfilará o já tradicional corso, que este ano será ainda mais vistoso do que nos anos anteriores».
In Diário Popular nº 7659, de 08-02-1964, 22º ano de publicação, p. 13

O corso carnavalesco do Estoril já não realiza actualmente, o que é lamentável. Como se vê pela fotografia ao lado, que poderá ampliar, em nada ficava a dever aos que se efectuam, nos nossos dias, em diversas locali-dades do País.


 1985

Colónias humanas em Marte e na Lua poderão estar para breve

O Diário de Lisboa de 8 de fevereiro de 1985 insere um artigo comunicando que cientistas norte-americanos preveem, para dentro de poucos anos, a instalação de colónias humanas em Marte e na Lua, desde que os progressos económicos e técnicos continuem ao ritmo atual. Thomas O. Paine, diretor das primeiras viagens em naves tripuladas por homens para a Lua, nos finais dos anos 60 e princípio dos anos 70 do século passado, prevê, neste artigo, a realização, com êxito, de uma expedição soviética pouco depois de 1995, seguida, entre 2005 e 2015, de uma missão norte-americana tendo por objectivo as luas de Marte. A estas expedições seguir-se-ia, na sua opinião, a instalação de vários milhares de pessoas no planeta vermelho, onde nasceria, entre 2035 e 2045, o primeiro bebé extraterrestre.

Fonte: Diário de Lisboa n.º 21680, de 08-02-1985, 64.º ano de publicação, p. 11

Desde os anos sessenta do século passado, os EUA e a URSS vinham disputando a primazia tecnológica das viagens pelo espaço. A extinção da União Soviética em 1991 e a degradação da conjuntura económica mundial levaram à canalização dos recursos outrora dedicados às viagens interplanetárias para projetos menos ambiciosos mas mais importantes paro o dia-a-dia do comum cidadão: lançamento e gestão de satélites que permitem, entre muitas outras mais-valias tecnológicas, comunicações audiovisuais globais, previsões meteorológicas, eficientes levantamentos topográficos e sistemas de navegação terrestre. De vez em quando, a comunicação social fala do regresso à Lua e na ida a Marte mas debate muito mais a preservação ambiental do nosso planeta e a melhoria das condições socioeconómicas dos seres humanos.


1985 - Morte do escritor e poeta português José Gomes Ferreira      Nasceu a 9 de junho de 1900

Às 2 horas e 30 minutos do dia 8 de fevereiro de 1985, morre, em Lisboa, vítima de broncopneumonia, o escritor e poeta português José Gomes Ferreira.

Eminentes figuras da cultura portuguesa pronunciam-se, neste dia, mais pela verticalidade humana que durante toda a sua vida o poeta deixou transparecer do que pelo inegável valor da obra literária que nos legou: o compositor Fernando Lopes Graça refere que «dele nunca se ouviu dizer uma palavra de rancor»; Óscar Lopes, professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, considera-o «o testemunho mais vibrante de quase 50 anos de fascismo» e Mário Dionísio, escritor, pintor e professor da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, afirma que o seu desaparecimento «é como sentir a morte de si mesmo».
Fonte: Depoimentos prestados pelas figuras públicas atrás citadas, de acordo com a edição nº 21680, de 08-02-1965, do Diário de Lisboa, 64º ano de publicação, pp. 1 e 20