Procurar:

 

Portal > Conteúdos > Biografias > Titina Maseli


      69 de 80

As mulheres, no mundo ocidental, vivem mais tempo que os homens, assim o afirmam as estatísticas. Numa sociedade que ainda não soube rentabilizar a sabedoria dos mais velhos, esta é uma boa ocasião para apresentar 80 mulheres com 80 anos ou mais, que deixaram a sua marca na história dos povos. Privilegiámos as portuguesas. Espante-se com a diversidade de actividades que tiveram ou têm, desde os Nobel da Medicina e da Paz, à fotografia, meteorologia, teatro, literatura, desporto, política, moda, música e tudo o mais.


Titina Maseli
(1914-2004)


Pintora e cenógrafa italiana, nasceu numa família de grande cultura. Era aparentada com o escritor Pirandello. O pai era filósofo, a mãe era uma apaixonada pela cultura francesa e um irmão foi cineasta. Titina seguiu Belas Artes. Expôs pela primeira vez em 1948, em Itália, depois pela Europa e EUA. Mulher livre, com amizades na esquerda era respeitadíssima em Itália. Dias antes de falecer o presidente da Câmara de Roma preparava-lhe uma festa no palácio do Quirinal para festejar os seus 80 anos. Pintora figurativa usava cores fortes e geométricas. Os seus contemporâneos como Alberto Moravia e o cineasta Michelangelo Antonioni admiravam-na e eram seus amigos. Passou a residir em Paris desde 1970. Fez dezenas de cenários para a Ópera de Paris. Foi uma reputada cenógrafa tendo assinado nomeadamente a cenografia de peças de Manuel de Falla, de Stravinsky. Trabalhou até ao fim e morreu na sua casa em Roma.


Indexar Sítio | Novidades | Sítios mais populares | Modificar Indexação
___
O Leme é uma marca registada portuguesa que se dedica à criação e alojamento de portal para busca de sites
Produzido por JFMF © 2005 Todos os direitos reservados