Procurar:

 

Portal > Conteúdos > Biografias > Maria Bárbara Júdice da Costa


      25 de 80

As mulheres, no mundo ocidental, vivem mais tempo que os homens, assim o afirmam as estatísticas. Numa sociedade que ainda não soube rentabilizar a sabedoria dos mais velhos, esta é uma boa ocasião para apresentar 80 mulheres com 80 anos ou mais, que deixaram a sua marca na história dos povos. Privilegiámos as portuguesas. Espante-se com a diversidade de actividades que tiveram ou têm, desde os Nobel da Medicina e da Paz, à fotografia, meteorologia, teatro, literatura, desporto, política, moda, música e tudo o mais.


Maria Bárbara Júdice da Costa
(1870-1960)


Cantora lírica portuguesa, nascida em Lisboa, uma das mais famosas do séc. XIX, com uma fabulosa carreira no estrangeiro. Estudou dez anos no Conservatório Nacional e estreou-se no Teatro Nacional de S. Carlos, em Abril de 1888, numa récita de caridade e depois em 1890 em "La Gioconda", ao lado de Eva Tetrazzini. Fez uma carreira brilhante actuando em Roma, Nápoles seguiram-se as cidades de Moscovo, México, Madrid, Buenos Aires, Amesterdão, Málaga, Trieste, numa carreira apenas interrompida para ter os três filhos. Foi mãe da actriz de cinema Brunilde Júdice (1898-1979), nascida em Milão. A sua carreira levou-a várias vezes a Madrid, Barcelona, Palma de Maiorca e esteve em Portugal no Coliseu dos Recreios, em 1906, durante dois meses, novamente em 1910 e 1913. Em 1933 esteve com Amélia Rey Colaço no São Carlos, fazendo teatro declamado. Fixou residência em Milão, tendo regressado a Portugal em 1943 e aqui faleceu. Entre os papéis que a celebrizaram contam-se o de "Fedora", Amnerisna "Aida".


Indexar Sítio | Novidades | Sítios mais populares | Modificar Indexação
___
O Leme é uma marca registada portuguesa que se dedica à criação e alojamento de portal para busca de sites
© Maria Luísa V. de Paiva Boléo (texto) e JFMF (formato). Todos os direitos reservados