Portal > Conteúdos > Biografias > Victoria de los Angeles


      78 de 80

As mulheres, no mundo ocidental, vivem mais tempo que os homens, assim o afirmam as estatísticas. Numa sociedade que ainda não soube rentabilizar a sabedoria dos mais velhos, esta é uma boa ocasião para apresentar 80 mulheres com 80 anos ou mais, que deixaram a sua marca na história dos povos. Privilegiámos as portuguesas. Espante-se com a diversidade de actividades que tiveram ou têm, desde os Nobel da Medicina e da Paz, à fotografia, meteorologia, teatro, literatura, desporto, política, moda, música e tudo o mais.


Victoria de los Ángeles
(1924-2005)


Soprano espanhola, nascida em Barcelona de seu nome completo Victoria de los Ángeles López García de Magriñá. Foi uma das mais destacadas do séc. XX. Cantou pela primeira vez em público em 1945 e em 1947 recebeu o 1º Prémio numa competição internacional em Genéve que lhe abriu a portas da fama. Paris ouviu-a em 1949 e Salzburgo em 1950. Seguiu-se o Covent Garden em Londres no papel de “Mimi” da ópera La Bohéme. Foi uma extraordinária “Cármen” da ópera de Bizet. Dedicou-se, longos anos, a dar concertos. Cantou no Scala de Milão e no Metropolitan de Nova Iorque e depois de uma carreira de sucesso deu a derradeira récita em 1979. Recitais pelo mundo inteiro deram-lhe imensa fama. Em 1991 a Espanha atribuiu-lhe o Prémio Príncipe das Astúrias das Artes. Retirou-se da vida artística em 1994.